Wednesday, August 09, 2006

Amnésia


Boa noite aos meus leitores! Quero dividir com vocês a dor que sinto em não saber a minha própria identidade. Talvez vocês possam me ajudar a me lembrar do passado e a entendê-lo. Estou confinada a um quarto que dizem ser meu, num castelo de pedras que dizem pertencer a mim, só que sinto como se estivesse numa prisão. Cercada de cuidados por pessoas que nem sei se conheço, apesar da presença destas me sinto só, uma estranha no ninho. Perguntei quem sou para elas, e me dizem : "Madame F. Noir, mas é conhecida por todos como Madame Noir." Tenho alguns lapsos de memória, imagens vão e voltam pela minha mente, ontem e anteontem vinham em minha mente a imagem de um recital tocando Requiem do Mozart, o trecho Lacrimosa especificamente, e um poema italiano, senzafine, que acho que era a letra de uma música.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home